MODELO PEDAGÓGICO



O modelo pedagógico da Universidad del Pacífico UP, enuncia os fundamentos e preceitos que dirigem o diálogo institucional e a ação acadêmica na universidade, refere-se principalmente ao ato de ensinar e aprender, e envolve a toda a comunidade universitária. Como modelo, espera-se que direcione e propicie o ato acadêmico, as decisões que o impactam, assim como as estratégias de ensino e aprendizagem nas áreas do curriculum, a didática e a avaliação e, também, na própria práxis docente a nível de graduação, pós-graduação e formação contínua.

O enfoque pedagógico concebe-se como a expressão da intencionalidade e sentido que sustentará os propósitos, objetivos e ações tanto dos docentes como dos discursos e as práticas nas que se inscrevem os processos de ensino e aprendizagem de pessoas para o exercício profissional e a formação contínua; media e dá coerência a sucessos e resultados de aprendizagem considerados em sua integralidade, para potenciar o desenvolvimento das capacidades, atitudes e competências das pessoas tanto estudantes como profissionais, acadêmicos e funcionários que fazem à comunidade universitária UP, sobre a base de uma formação universitária humanizada, pertinente e coerente com os cenários locais e globais, e as condições sociais, econômicas, geopolíticas, culturais e educativas de um mundo complexo e uma sociedade que demanda de maneira crescente maior progresso e bem-estar social, desenvolvimento científico, tecnológico e cultural.



A intenção e ação pedagógica na Universidad del Pacifico, orienta-se em pôr o centro da formação integral e a aprendizagem, mais que, a mera instrução, treinamento ou capacitação de profissionais, o que supõe uma sólida formação disciplinar, científica, ética e social que se fundamenta no pensamento crítico e na inovação.



A docência é concebida neste marco como uma ação profissional, responsável e autônoma realizada por pessoas que se encontram acreditadas disciplinar e profissionalmente como expertas em suas respectivas áreas de especialização. Além do domínio a nível de experto de um saber disciplinar e profissional que ensina, o docente da Universidad del Pacífico, necessariamente deve evidenciar que se encontra habilitado nas competências e saberes pedagógicos que lhe permitem proporcionar aos estudantes uma formação e não uma mera instrução, proporcionando oportunidades para a aprendizagem, a apropriação e empoderamento de saberes, atitudes e competências acadêmicas e profissionais.

Na UP, concebe-se a função do docente como mediador, orientador e acompanhante dos processos de aprendizagem.



Os estudantes, são reconhecidos como pessoas íntegras e integrais, autônomas e responsáveis, como atores relevantes do processo de ensino-aprendizagem, constituem o centro da preocupação e ação formadora na Universidad del Pacífico.

A Universidade, reconhece que no estudante devem observar-se os resultados e sucessos de aprendizagem, a través de suas atuações e desempenhos; o qual permite inferir sobre a instalação das competências e os propósitos formativos declarados.



O ensino e a aprendizagem na Universidad del Pacífico, concebem-se como processos sociais, históricos e culturais que não se reduzem à instrução e transmissão de conteúdos disciplinares, se não que supõem e se fundamentam na análises crítica do saber, na problematização da realidade, do trabalho, do labor investigativo, da relação com os outros, os espaços e abordagens interdisciplinares em que se desenvolvem o estudante e o conjunto de experiências de aprendizagem planejadas e propostas em seu itinerário formativo, tanto de sua carreira como de sua vida universitária.

Além das conotações próprias dos processos de aprendizagem a nível individual, também a Universidade se propõe a alguns propósitos transversais, a partir das ações docentes:

  • Possibilitar o carácter incremental dos êxitos de aprendizagem no desenvolvimento do itinerário curricular.
  • Impulsar e estimular a apropriação dos saberes e da autonomia como avaliação progressiva que o estudante adquire ao longo de seu processo formativo.
  • Facilitar e acompanhar a construção de soluções como chave da aprendizagem, com uma clara orientação às questões profissionais que evidenciem liderança, na tomada de decisões em situações de incerteza e capacidade de argumentar, persuadir e prever riscos e impactos.
  • Potenciar uma aprendizagem colaborativa, competências de liderança, inovação e contribuição de um propósito comum compartilhado, além de um enfoque interdisciplinar que permita interatuar com diversos profissionais, cargos, níveis e hierarquias de uma organização.
  • Aprender a aprender como o processo de estruturação e transformação que o estudante faz do conhecimento através da pesquisa, e não como a simples assimilação do mesmo. A partir desta concepção de aprendizagem se desprendem as lógicas do ensino e suas didáticas que possibilitam a aprendizagem significativa.


A vinculação com o entorno se obtém no processo formativo a través do confronto precoce de situações e contextos profissionais, através de uma aprendizagem situacional e contextual, que articula apropriadamente a teoria e a prática na construção de um saber unificado e integrado que representa o grau de expertise alcançado e, por conseguinte, possa ser certificado pela instituição, ampliando assim a autorização para o exercício profissional.



A implementação e operacionalização do modelo Pedagógico na Universidad del Pacífico, reflete-se e se evidência, de maneira fundamental, na construção, gestão e implementação do curriculum dos diversos programas formativos que a universidade oferece, tanto para a organização, administração, design, instalação, desenvolvimento e avaliação destes; como para a inovação e atualização das propostas formativas em coerência com a identidade institucional, com as tendências e acordos internacionais sobre formação universitária e as políticas e linhas nacionais.



Na área de avaliação desde a perspectiva do Modelo de Avaliação para as Aprendizagens, gera-se um enfoque que permite pôr a ênfase nos processos de ensino-aprendizagem que ocorrem nas aulas, estabelecendo um vínculo imediato com as práticas, com a forma em que os estudantes incorporam e põem em exercício habilidades e conhecimentos, e com suas conquistas associadas.

O modelo usado na UP, permite instalar ao docente como um mediador efetivo que observa, monitora e gera juízos fundamentados e consistentes sobre os sucessos de seus estudantes, transparentando a todos os atores envolvidos os critérios específicos que se avaliam (levantamento de padrões), guiando e fazendo sugestões concretas para alcançar as aprendizagens desejadas.

Com os estudantes, possibilita-se a manipulação de informação relevante em base ao que aprendem, assumindo que esta atividade tem desenvolvimentos diferenciados e é necessário visibilizar essas diferenças para abordar as aprendizagens futuras, isto lhes permite fazer mais conscientes de seus êxitos e dificuldades e participar ativamente na geração de estratégias para abordar sua aprendizagem e/ou aceder àqueles mecanismos de apoio que a instituição possui (restituição de aprendizagens prévios, apoios psicopedagógicos, outros).




Asunción

San Martín

(595 21) 615-490/3 | 664-840/3
info@upacifico.edu.py
Avda. San Martín 961 c/ Avda. España

Torres UP

(595 21) 615-490/3 | 664-840/3
O'Higgins esq. Austria


Pedro Juan Caballero

  • (595 336) 272-344
  • info-pjc@upacifico.edu.py
  • Sede 1: Av. Natalicio Talavera e/ Gral. Díaz
  • Sede 2: José de Jesús Martínez e/ Mariscal López y Dr. Francia
  • 067-8172 0281 Tim